Translate

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Como funciona a Injeção Eletrônica?


Como funciona a Injeção Eletrônica?


A multiplicação contínua de veículos nos dias de hoje é notada por todos nós. As pessoas, visando sempre uma melhor qualidade de vida, tem se preocupado com questões ambientais, emissão de gases poluentes (como a fumaça de automóveis e ônibus, por exemplo) e, para isso, vão se adequando às mudanças, melhoramento/surgimento de novos produtos.


Na tentativa de atender às leis de emissões e consumo, o sistema de combustível usado nos carros modernos mudou muito nos últimos anos. E a injeção eletrônica é um grande personagem nesta redução de gases. Sabe-se que hoje, por lei do CONAMA (Conselho Nacional de Meio Ambiente), os carros são obrigados, ao serem fabricados, de emitirem o mínimo de poluentes possíveis.


O grande objetivo da injeção eletrônica é melhorar o rendimento do motor com mais economia, e para que isso seja possível, precisa ser injetada uma combinação de ar/combustível perfeita, em todas as faixas de rotação. Além disso, tem por função controlar a marcha lenta, o tempo de ignição e, em alguns casos, o comando das válvulas.


Os sensores (como de rotação do motor, fluxo de ar e velocidade, por exemplo), é que mandam as informações sobre a quantia desta combinação que necessita para o seu perfeito funcionamento. Outro componente de suma importância são os atuadores, que recebem as informações da unidade de comando e variam o volume de combustível que o motor recebe, corrigindo o ponto de ignição, marcha lenta, etc.







Sistema de injeção eletrônica


Quando qualquer um dos sensores entra em pane, o módulo da injeção possui uma memória interna que registra e armazena essa falha e paralelamente utiliza um valor médio (padrão) para que o sistema continue funcionando. Como esse valor utilizado pelo módulo não corresponde ao valor ideal, o motor aumenta o consumo de combustível, por isso toda vez que acender a luz da injeção no painel leve o veículo rapidamente ao mecânico.
Funcionamento da injeção eletrônica



Ao dar partida no veículo, os pistões fazem um movimento de sobe/desce; o sensor de rotação, por sua vez, sinaliza este movimento à unidade de comando. Quando desce, produz no coletor uma aspiração, vácuo de ar na atmosfera, que passa pelo medidor de ar e pela borboleta de aceleração, chegando aos cilindros do motor. O medidor de fluxo de ar informa à unidade de comando o volume de ar admitido, o que faz com que a unidade permita que as válvulas de injeção proporcionem a quantidade de combustível ideal para o volume de ar admitido, gerando a perfeita relação ar/combustível, mencionada anteriormente.





Benefícios da injeção eletrônica



A injeção eletrônica, como percebemos, possui uma série de benefícios e vem se aperfeiçoando cada vez mais. Caso não funcione corretamente, ou seja, caso a distribuição de combustível não seja realizada de forma eficaz, pode causar malefícios ao automóvel, como entupimento das agulhas, além do aumento considerável no consumo de combustível.


A seguir, estão relacionados alguns benefícios proporcionados pela injeção eletrônica:
Menor emissão de gases poluentes, tendo o motor em perfeito funcionamento e aproveitamento do combustível, se reduzirá a sobra de combustível a ser liberada;
Partidas mais rápidas, pois, com o uso da injeção eletrônica, é dispensada a utilização do afogador;
Eficiência no consumo de combustível do seu motor, tendo um melhor aproveitamento do mesmo;
Maior economia, pois será usada somente a quantidade necessária de combustível;
Melhor rendimento do motor, pois este receberá volume de combustível que realmente necessita para o seu perfeito funcionamento, evitando o entupimento das agulhas.


Enfim, realizar a compra de um carro não é tão simples quanto parece, ainda mais se você está procurando mais economia, um melhor funcionamento do motor e uma menor emissão de gases poluentes, que são prejudiciais ao meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas. Então, para isso, avalie as condições do motor, a eficiência de sua injeção eletrônica, este e outros detalhes devem pesar na sua decisão.






fonte: http://www.oficinadanet.com.br/post/13788-como-funciona-a-injecao-eletronica?



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Música

Seguidores

Total de visualizações

Arquivo do blog